Edição
Edição
Sulminas146

Turismo

7 razões para viajar e se apaixonar por Minas Gerais

Blog seleciona “sete maravilhas” de Minas Gerais para conhecer um pouco de cada encanto do estado do pão de queijo.

Artigo por Vida de Mochila

O Blog Vida de Mochila traz sete imperdíveis lugares para viajar e conhecer em Minas Gerais. Minas é um dos estados mais bonitos do Brasil! Suas cidades históricas e suas beleza naturais encantam mochileiros de todo mundo, pensando nisso, o blog selecionou sete destinos onde é possível conhecer um pouco de cada encanto do estado do pão de queijo. Confira!

Instituto Inhotim – Brumadinho

Foto: Vida de Mochila
Instituto Inhotim
Instituto Inhotim

Localizado em Brumadinho, o Instituto Inhotim é um dos mais relevantes acervos de arte contemporânea do mundo e uma coleção botânica que reúne espécies raras e de todos os continentes. Os acervos são mobilizados para o desenvolvimento de atividades educativas e sociais para públicos de faixas etárias distintas. Ainda é difícil encontrar alguém que se diga decepcionado com Inhotim. Todo mundo vai com expectativas altíssimas e volta deslumbrado. Inhotim se comunica tanto com os mais experientes de arte contemporânea quanto com o mais por-fora como “nós” mochileiros! ;D Você sai do parque com apenas uma dúvida: eu estava mesmo no Brasil? Distância de Belo Horizonte: 60 Km

Cachoeiras do Canyon – Furnas – Capitólio

Foto: Vida de Mochila
Cachoeiras do Canyon – Furnas – Capitólio
Cachoeiras do Canyon – Furnas – Capitólio

O lago de Furnas é um reservatório artificial criado parar permitir a geração de energia pela Usina Hidrelétrica de Furnas. Para criar o lago foram inundados 1440 km2, o que gerou paisagens exóticas como canyons e cachoeiras que deságuam no próprio lago. As Cachoeiras do Canyon são bons exemplos desse cenário. Elas descem pelos paredões de mais de 50 metros de altura e desaguam no lago de águas esverdeadas. O único acesso é através de embarcações. Passeios de escunas levam os turistas até o local. Distância de Belo Horizonte: 300 km

Cachoeira do Tabuleiro – Serra do Espinhaço

Foto: Vida de Mochila
Cachoeira do Tabuleiro – Serra do Espinhaço
Cachoeira do Tabuleiro – Serra do Espinhaço

A Cachoeira do Tabuleiro é uma gigante. Ela é a mais alta cachoeira de Minas Gerais e a terceira mais alta do Brasil. São 273 metros de queda livre formada no meio de um paredão que lembra o formato de um coração. Com tamanha queda d’água o seu poço é muito profundo, chegando a 20 metros. A Cachoeira está localizada na Serra do Espinhaço. É cobrada uma taxa de visitação para entrar no Parque. Distância de Belo Horizonte: 190 km

Ouro Preto

Foto: Vida de Mochila
Ouro Preto
Ouro Preto

Voltada para mineração no período colonial, a antiga cidade de Ouro Preto é caracterizada pelas ruas de paralelepípedo e pela arquitetura barroca bem preservada. A cidade é considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO. Ela se tornou conhecida durante a era do ouro brasileira, no século XVIII, pela concentração de minas de ouro e por sua prosperidade. Hoje, a cidade é um destino turístico popular entre os amantes da história brasileira e ainda possui um dos mais famosos carnavais de todo o Brasil. Destino Imperdível em Minas Gerais! Distância de Belo Horizonte: 100 Km

Parque Estadual do Ibitipoca

Foto: Vida de Mochila
Parque Estadual do Ibitipoca
Parque Estadual do Ibitipoca

Criado em 1973, o Parque Estadual do Ibitipoca ocupa uma área de 1.488 hectares repleta de grutas, trilhas, picos, cachoeiras, belíssima vegetação e riachos cujos tons variam do mel ao vermelho graças ao quartzito concentrado nas rochas. Além do parque, é possível curtir o vilarejo da região! Porta de entrada para uma das mais belas reservas naturais do país, o rústico povoado de Conceição de Ibitipoca, na Serra da Mantiqueira, ainda preserva as ruas de terra e pedra, os forrós pés-de-serra e as rodas de viola aquecidas com fogueira e cachaça. A simplicidade é fruto dos 27 quilômetros de estrada ruim, morro acima, que liga o “Arraial” (como é chamada a vila) à Lima Duarte, a cidade a qual o distrito pertence. Distância de Belo Horizonte: 320 Km

Parque Nacional da Serra da Canastra

Foto: Viaje aqui
Cachoeira Casca d'Anta, Parque Nacional Serra da Canastra
Cachoeira Casca d'Anta, Parque Nacional Serra da Canastra

O Parque é uma das grandes belezas naturais do Brasil. Nele encontram-se as nascentes do Rio São Francisco que, após se alinharem em pequenos córregos, formam piscinas naturais e a famosa Cachoeira Casca D’Anta, que possui 180 metros de altura. Com fauna e flora exuberantes, é uma excelente opção de passeio para observar plantas nativas, flores de rara beleza e animais silvestres, como: lobo guará, tamanduá bandeira, o tatu canastra e o veado campeiro no habitat natural. Distancia de Belo Horizonte: 360 Km

Diamantina

Foto: Vida de Mochila
Diamantina
Diamantina

Muita história e belezas naturais em uma só cidade! Cercadas por trilhas, cachoeiras, caminhos de pedra e recantos perfeitos para saborear quitutes da culinária mineira, revelam um pedaço da história onde o tempo parou. Entre as cachoeiras mais bonitas de Diamantina estão Sentinela, das Fadas, dos Cristais, da Toca e Três Quedas – esta última, com 70 metros de altura. As cascatas formam piscinas e poços de águas cristalinas, perfeitos para banhos. Nos arredores do povoado de Milho Verde também há belas quedas, como a do Piolho (40 metros) e a do Moinho (20 metros). Distância de Belo Horizonte: 300 Km

Siga o Sulminas146 no Facebook e no Twitter

Seja o primeiro a comentar