Edição
Edição
Sulminas146

Após acidente, mineiro segue promessa para criar Bombeiros Voluntários no Sul de Minas

Morador de Cristina tenta concretizar a criação de entidade de Bombeiros Voluntários para ajudar em resgates na região

Por Petterson Rodrigues
Do Sul de Minas

Voluntários dão suporte no resgaste (foto: arquivo pessoal)

Voluntários dão suporte no resgaste (foto: arquivo pessoal)

Um acidente automobilístico mudou a vida de Cleber de Oliveira Santos doze anos atrás. Entre Maria da Fé e Cristina, no Sul de Minas, ele foi socorrido por um conhecido, que o tirou de dentro do carro e levou-o para o Hospital, já que o resgate na região, naquela época, praticamente não existia.

“Fui mal atendido e quase morri. Se não fosse levado para o hospital eu não estaria contando essa história agora. Desde então prometi que faria alguma coisa em prol dos outros, para fazer resgates de acidentes de carros. Pensei em campanhas e depois amadureci para os resgates. Montei a ideia com amigos da área da saúde”, contou Cleber, que é técnico instalador de telecomunicações.

Morador de Cristina, este voluntário batalha a pouco mais de um ano para colocar em prática a promessa da década passada. Para isso, criou a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cristina – MG, totalmente voluntária, tendo seus serviços voltados à prestação de serviços pré-hospitalar em qualquer tipo de acidente, combatendo princípios de incêndios, atuando em catástrofes naturais, realizando campanhas de conscientização no trânsito e outros, atendendo as vitimas de acidentes e acompanhando-as até ao hospital da cidade, sendo um serviço sem custos à população.

Cleber (à esq.) ajuda no resgate de vítima de acidente (foto: arquivo pessoal)

Cleber (à esq.) ajuda no resgate de vítima de acidente (foto: arquivo pessoal)

Segundo o bombeiro voluntário do Sul de Minas, cerca de 30 pessoas estão envolvidas diretamente no projeto, que atualmente angaria apoios, doações e passa por cursos preparatórios e obrigatórios para que estejam prontos e habilitados ao trabalho. Ele espera que até dezembro tudo esteja pronto para que consiga pagar sua promessa e levar ajuda aos moradores de Cristina e região.

“Já era para estar em funcionamento desde março ou abril de 2014, mas por falta de informações e recursos que também fomos correndo paralelo atrás de tudo isso, mais os cursos para os socorristas voluntários”, explicou, esperançoso.

Bombeiros voluntários passam por treinamento (foto: arquivo pessoal)

Voluntários passam por treinamento (foto: arquivo pessoal)

Os Bombeiros Voluntários de Cristina se espelharam no projeto GS Resgate Voluntário, do Rio Grande do Sul, que segundo Cleber, apoiou a iniciativa mineira desde o início, propiciando palestra na cidade e dois dias de cursos, além de um simulado com duas cenas de diferentes de acidentes.

Até dezembro, para que o projeto do Sul de Minas se concretize, o bombeiro voluntário espera pela maior doação, ou que até lá junte forças e recursos para a aquisição. “A ideia é de ter um carro de apoio. E esse carro teria que ser uma picape estrada por exemplo, ou uma outra picape resistente. Lutaremos também para termos uma ambulância, assim agilizaremos o atendimento”, contou.

Além da promessa que fez, as condições de atendimento e a distribuição de bombeiros e de resgate da região foram outros motivos que ocasionaram na iniciativa. “Depois de conversar com amigos e de ver a necessidade do município e da região de se ter um atendimento pré-hospitalar mais eficaz, rápido e com qualidade, já que o quartel do Corpo de Bombeiros Militar mais próximo é de São Lourenço, mas fica a 38 km de Cristina. E o quartel que atende a nossa cidade e região é de Itajubá,  distante 51 km.  E  vendo que ambos os Quartéis do CBM, atendem mais de 25 cidades cada, e também que, sem técnicos de enfermagem, enfermeiros, condutores e auxiliares sem treinamentos e qualificados na cidade, para fazer um atendimento a qualquer tipo  de acidente, resolvemos então nos unir” concluiu.

Quem quiser apoiar a iniciativa dos voluntários de Cristina, pode entrar em contato pelo telefone: 35 9147-6860, ou pelo email: [email protected]

Acompanhe Sulminas146 no Twitter e no Facebook.

1 comentário

  1. Bombeiros Voluntários de Cristina já é uma realidade - Sulminas 146

    […] Após acidente, mineiro segue promessa para criar Bombeiros Voluntários no Sul de Minas […]