Edição
Edição
Sulminas146

Destaque no Sulminas146

Após três adiamentos, Samu é inaugurado no Sul de Minas

Cerimônia acontece nesta sexta-feira e atendimentos começam sábado. Ao todo, 153 municípios divididos em 34 bases serão beneficiados.

Do G1

Após ser adiada por três vezes, a inauguração do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Regional acontece na manhã desta sexta-feira (30) em Varginha (MG). Durante a cerimônia serão inauguradas a sede do serviço e a central de operações, que vai receber as ligações de emergência e passar para as bases mais próximas dos pacientes.

A instalação da estrutura custou cerca de R$ 3 milhões. Os trabalhos começam no sábado (31) e vão atender 153 municípios do Sul de Minas, divididos em 34 bases. Para ter acesso ao serviço, os usuários terão que ligar para o número 192.

Samu em Varginha é inaugurado nesta sexta-feira. (Foto: Reprodução EPTV)

Samu em Varginha é inaugurado nesta sexta-feira. (Foto: Reprodução EPTV)

O novo Samu traz também câmeras em cada uma das 43 ambulâncias recebidas. Nove delas são UTIs móveis. As imagens poderão ser acompanhadas pelos profissionais da central de operações, facilitando e monitorando os atendimentos.

A implantação do sistema foi adiada por três vezes desde outubro de 2014. Primeiro por problemas com convênios e com o governo do estado e depois porque faltavam médicos para o quadro de serviços. Os adiamentos também causaram transtornos para os profissionais convocados para o serviço.

Confira as 34 cidades onde o Samu passa a ter base no Sul de Minas:

Aiuruoca, Alfenas, Boa Esperança, Cambuí, Campos Gerais, Carmo do Rio Claro, Cássia, Caxambu, Delfinópolis, Extrema, Guapé, Guaxupé, Itajubá, Lambari, Lavras, Luminárias, Machado, Nepomuceno, Nova Resende, Ouro Fino, Paraisópolis, Passos, Piumhi, * Poços de Caldas, Pouso Alegre, Santa Rita de Caldas, Santa Rita do Sapucaí, São Gonçalo do Sapucaí, São Lourenço, São Roque de Minas, São Sebastião do Paraíso, Três Corações, Três Pontas e Varginha.

(*) O Samu considera Poços de Caldas, onde o serviço já existe, como uma base do Samu Regional. No entanto, a cidade não faz parte do Cissul, o consórcio criado para operar a nova estrutura inaugurada nesta sexta-feira.

Leia mais notícias da região no Sulminas146

Acompanhe Sulminas146 no Facebook e no Twitter

Seja o primeiro a comentar