Edição
Edição
Sulminas146

Aiuruoca

Caminho dos Anjos, no Sul de Minas, atrai peregrinos, romeiros e amantes da natureza

Natureza exuberante e muita montanha tem atraído muitas pessoas para percorrem 231 quilômetros no Sul de Minas

Por Petterson Rodrigues
Do Sul de Minas

Os Arcanjos estão no Sul de Minas. Sim, os anjos Gabriel, Rafael e Miguel estão no Caminho dos Anjos, 231 quilômetros de percurso em pontos de luz, pura energia e muita vibração para quem quer estar mais perto da natureza, refletir sobre a vida, o universo, as cores, as flores e estar em paz consigo mesmo.

O Caminhos dos Anjos passa pelas cidades de Passa Quatro, Itamonte, Alagoa, Aiuruoca, Baependi, Caxambu e São Lourenço, com o Parque Estadual da Serra do Papagaio inserido no meio dele. Pode ser feito a pé, de bicicleta ou de carro.

O idealizador dos Caminhos dos Anjos, Alexandre Maciel Gaspar, explica que recebeu uma “missão” e desde 2007, quando o caminho foi criado, trabalha para apresentar a região para quem procura misticismo, religiosidade, desafio, aventura, esporte, cultura, saúde, enfim, que buscam qualidade de vida, das mais variadas faixas etárias, independente do sexo, religião e raça. Muitos peregrinos, romeiros, naturalistas, aventureiros e amantes da natureza já fizeram o percurso.

“Queremos oferecer um momento único, onde as pessoas terão contato com a natureza, de locais exuberantes, como os mais bonitos de todos os caminhos. E essas pessoas terão a oportunidade de misturar essa natureza com a natureza interna, fazendo com que as pessoas voltem mudadas”, explicou.

De lá para cá muitos fizeram o percurso e relataram o momento em blogs, reportagens, fotos e outros registros (veja os links abaixo).

Cachoeira das grutas é um dos símbolos do projeto (foto: Alexandre Gaspar)

Cachoeira dos Garcias é um dos símbolos do projeto (foto: Alexandre Gaspar)

Inspirado no Caminho de Santiago de Compostela, entre a França e a Espanha, o Caminho dos Anjos tem no Santuário de Nhá Chica, em Baependi, um lado místico religioso. A história da região, que faz parte de momentos importantes da história do Brasil, é outro ponto atrativo do projeto. Em cada ponto de parada, será possível ter acesso aos fatos que marcaram a região.

“Vamos contar a passagem de Dom Pedro pela região, a história de importantes barões de grandes fazendas, além de Nhá Chica, Revolução de 32 e outros acontecimentos que marcam a região em fatos históricos do Brasil. Estamos trabalhando na montagem do roteiro, e esperamos deixá-lo pronto em dezembro.”, contou Madalena Matoso, que trabalha no projeto.

A ideia de Gaspar surgiu em 2007, quando teve contato pela primeira vez com a região. Porém, só em 2010 teve o formato estipulado em circuito, passando diretamente nas sete cidades. Inspirado no arcanjo Miguel, o Caminho dos Anjos já foi feito por dezenas de pessoas a partir de 2011. O projeto do Caminho dos Anjos deve ser lançado oficialmente em março de 2015 e tem como maior símbolo a Cachoeira dos Garcias, que fica em Aiuruoca, e a Ave Fênix.

Os interessados podem ter maiores informações no site: www.caminhosdosanjos.org

Veja relatos do Caminho dos Anjos nos links abaixo:

Optamos em sair de Passa Quatro . . . 

A aventura iniciou-se num sábado de manhã . . .

Se lá passa quatro, então cabe mais dois . . .

Em Minas Gerais, nas cidades de Passa Quatro, Itamonte, Alagoa . . .

Acompanhe Sulminas146 no Twitter e no Facebook.

Seja o primeiro a comentar