Edição
Edição
Sulminas146

Sul de Minas

Chuvas e rios cheios levam apreensão em Passa-Quatro e Itanhandu

Chuvas levam apreensão aos moradores e autoridades das cidades da região da Serra da Mantiqueira.

Artigo por Petterson Rodrigues e Paulo Fontes
Foto: Paulo Fontes
Subida em rio em Passa-Quatro leva apreensão aos moradores
Subida em rio em Passa-Quatro leva apreensão aos moradores

O ano de 2016 começa com chuvas na região da Serra Mantiqueira, no Sul de Minas e o volume de águas nos rios gera preocupação nas autoridades e moradores das cidades de Passa-Quatro, Itanhandu, Itamonte, Pouso Alto, entre outras que integram a região. Os rios Passa-Quatro, São Francisco, Verde e Capivari são os que mais levam riscos aos habitantes dessas cidades.

Com o volume alto de água no solo, os deslizamentos de encostas também preocupam. A região de cabeceiras altas, onde formam várias bacias, quando o solo já não absorve mais a água, os rios são a única forma de vazão, e os moradores das proximidades dos rios perdem o sono e a tensão fica no ar.

Durante essa sexta-feira (15), muitos moradores se comunicavam pelas redes sociais monitorando a subida do Rio Passa-Quatro e Rio Verde. Muitos pediam atenção à população que moram nas margens e regiões próximas aos rios das cidades.

“Alerta Itanhandu. Os Rios Verde e Passa-Quatro estão subindo mais rapidamente e já ameaçam transbordar! Em Passa-Quatro a chuva também não pára!”, postou uma moradora de Itanhandu.

Informações preliminares que chegaram ao Sulminas146 via whatsapp, dão conta de uma possível tromba d’água no bairro Mato Dentro, em Passa-Quatro, mas sem confirmação oficial até a publicação desta nota. Não há registros, até o momento, de algum dos rios transbordando.

Segundo a meteorologia para os próximos dias, ainda haverá possibilidade de grandes volumes de chuvas para a região, assim a vigília com as margens dos rios devem continuar.

Em dezembro, o Rio São Francisco transbordou e vários moradores tiveram suas casas invadidas pela água, além de prejuízos materiais.

Siga o Sulminas146 no Facebook e no Twitter

Seja o primeiro a comentar