Edição
Edição
Sulminas146

Destaque no Sulminas146

Chuvas fazem reservatório de Furnas subir no Sul de Minas

Volume de água já traz esperança para quem mora às margens do lago. Comerciantes que vivem do turismo esperam melhorar negócios.

Do G1

Com as chuvas dos últimos dias, o nível do reservatório de Furnas subiu 27 centímetros no Sul de Minas e a melhora na paisagem já traz esperança para quem vive às margens do lago e depende do turismo para sobreviver. Segundo o Instituto Somar Meteorologia, até o dia 26 de dezembro choveu 214,74 milímetros. Somente entre os dias 21 e 26, o volume de chuvas registrado foi de 57,2 milímetros, apesar disso, o lago ainda está mais de 14 metros abaixo do nível normal, com apenas 12,98% do volume útil, mas já alegra comerciantes.

Um exemplo é o empresário Fabrício Malfacini. “Ainda é impossível navegar, o baixo nível da represa atrapalhou os negócios da família neste ano e trouxe uma queda de 70% no movimento”, disse.

Chuvas fazem reservatório de Furnas subir 27 centímetros no Sul de MG (Foto: Reprodução EPTV)

Chuvas fazem reservatório de Furnas subir 27 centímetros no Sul de MG (Foto: Reprodução EPTV)

A família de Adelson Mendonça, de Santo André (SP) veio à região para as festas de fim de ano, mas não conseguiu fazer muita coisa. “Ficamos surpresos com a situação da represa. Até mesmo nossa pescaria foi prejudicada”, comentou.

Em Fama (MG), a situação já melhorou e um reservatório que estava vazio já pode ser visto encoberto pela água. “O pior já passou, agora percebemos uma melhora constante e estamos confiantes de que em breve teremos nosso ganha pão de volta, queremos que o mar de Minas esteja sempre cheio”, completou Malfacini.

Leia mais notícias da região no Sulminas146

Acompanhe Sulminas146 no Facebook e no Twitter

 

Seja o primeiro a comentar