Edição
Edição
Sulminas146

Cidades do Sul de Minas estão em estudo turístico: 92,7% de satisfação

Informação é da Pesquisa de Demanda Turística, encomendada pela Secretaria de Turismo para identificar o perfil de quem visita o estado, seus hábitos e comportamentos e Sul de Minas com cinco cidades.

Maria da Fé, no Sul de Minas, é a cidade mais fria do estado

Maria da Fé, no Sul de Minas, é uma das cidades do estudo (foto: divulgação)

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) divulgou resultado do levantamento de 2014 do perfil dos visitantes no estado de Minas Gerais. A Pesquisa de Demanda Turística, que existe desde 2008, procura mapear e identificar as motivações de viagem, hábitos dos turistas e perfil daqueles que selecionam Minas como destino de suas férias, passeios e trabalhos.

De acordo com o diretor de Pesquisa, Informação e Estatística da Setur, Rafael Oliveira, 22 municípios estratégicos foram considerados pela pesquisa, sendo alguns deles do Sul de Minas: Araxá, Brumadinho, Caeté, Camanducaia, Capitólio, Caxambu, Governador Valadares, Ipatinga, Itabira, Juiz de Fora, Maria da Fé, Montes Claros, Poços de Caldas, Santana do Riacho, São João. Del-Rei, São Lourenço, Sete Lagoas, Uberlândia, Belo Horizonte, Diamantina, Ouro Preto e Tiradentes. Ao todo, 3.686 questionários foram respondidos.

Por ser a principal pesquisa realizada pela secretaria, observa o diretor, os dados servem de “balizamento para compreender os distintos perfis de turistas que temos. Dentro do perfil (cultural, turista de negócios, visita de parentes), podemos verificar o que os visitantes fazem, querem, gostam”, diz Oliveira. “Além disso, o estudo é um elemento “importante para traçar estratégias e novos roteiros de pesquisa”, completa.

Gasto médio sobe

Um dado curioso do levantamento foi a questão do nível satisfação. “O nível foi muito alto: 92,7% afirmaram que a viagem a Minas superou ou atendeu plenamente às expectativas”, aponta Oliveira. Destaque também para a média de gastos, que subiu 81,4% em relação à pesquisa de 2012. “O gasto individual médio passou de R$ 409 para R$ 742. Na ordem, os perfis que mais gastam são os de turista de negócios, de lazer e o turista que visita amigos e parentes”, ressalta.

Na página Observatório do Turismo de Minas Gerais, boletins especiais, com infográficos e destaques, apresentam de forma consolidada todos os resultados da pesquisa. O trabalho desenvolvido no portal tem por objetivo fidelizar Minas Gerais como destino turístico, divulgar roteiros e atrações e outras pesquisas de rotina no observatório, como taxas de ocupação hoteleira, movimentação nos aeroportos, entre outros indicadores.

pesquisa-turismo

Da Agência Minas

Leia mais notícias da região no Sulminas146

Acompanhe Sulminas146 no Facebook e no Twitter

1 comentário

  1. NELSON PRADO

    WWW.POUSADARURAL.COM.BR Faz muitos anos que montei minha pousada em IPUIUNA sul de Minas Faz muitos anos que vejo a SETUR planejando, Faz muitos anos tantas coisas, Faz muitos anos que não vejo nada acontecer de fato. Faz muitos anos que estou a disposição para fazer acontecer.