Edição
Edição
Sulminas146

Sul de Minas

Febre Amarela: Macacos são encontrados mortos em Varginha

Animais já foram enviados para análise; vacinação contra a febre amarela será intensificada no município.

Artigo por G1 Sul de Minas

Dois macacos foram encontrados mortos no bairro Centenário, em Varginha, no Sul de Minas, entre domingo (14) e esta terça-feira (16). Segundo a coordenadora do Setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde, Roseane Silva, amostras dos animais já foram enviadas para análise na Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte.

Ainda conforme a coordenadora, devido à localização dos animais, será feita uma área de isolamento na região onde eles foram encontrados. Agentes de saúde também devem visitar todas as casas para saber quem ainda não foi vacinado contra a febre amarela.

Cerca de 5 mil doses da vacina serão distribuídas para vacinação nos postos de saúde do município. No próximo sábado (20), será feito um mutirão para organizar e atualizar o banco de dados do Programa Nacional de Imunização. No domingo (21), será intensificada a vacinação na zona rural, de 8h às 16h, com atualização de cartões e visita casa a casa.

No último fim de semana, dois macacos foram encontrados mortos em Munhoz (MG). Um dos animais foi enviado para a análise, enquanto o outro foi enterrado.

Já em Poço Fundo (MG), a Secretaria Estadual de Saúde investiga a morte de um homem de 88 anos supostamente por febre amarela. A suspeita é que ele possa ter contraído a doença durante uma viagem.

Segundo a Superintendência de Saúde de Alfenas, o idoso viajou antes do Natal para o Mato Grosso e, em seguida, para Mairiporã, em São Paulo. Ele voltou para Poço Fundo no dia 4 de janeiro, quando começou a apresentar febre alta. A vítima foi levada a um hospital de Mairiporã, onde faleceu na última semana.

Siga o Sulminas146 no Facebook e no Twitter

Seja o primeiro a comentar