Edição
Edição
Sulminas146

Destaque no Sulminas146

Fundação Florestal vai avaliar novo parque na Mantiqueira

O Consema (Conselho Estadual do Meio Ambiente) aprovou na última quarta-feira, dia 20, a criação de um grupo de trabalho para estudar a implantação do Parque Estadual da Serra da Mantiqueira.

Os estudos serão feitos pela Fundação Florestal, órgão ligado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente.
Em princípio, a área prevista para abrigar o Parque Estadual iria de Queluz a Monteiro Lobato, passando por mais sete cidades na Região Metropolitana do Vale do Paraíba.

Não há ainda um território definido para a criação da unidade de conservação, que limitará o uso da área, controlando atividades produtivas e ocupação humana.

A Serra da Mantiqueira é alvo de um processo de tombamento desde 2011, que tramita no Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico).

Por decisão dos conselheiros, o pedido também exigirá estudos da Fundação Florestal e audiências públicas.
A área a ser tombada tem 45 mil hectares entre as cidades de Queluz e Pinda, priorizando altitudes acima de 800 metros, e está compreendida dentro do Parque Estadual, caso ele venha a ser implantado.

Para o biólogo Tiaraju Fialho, consultor do Instituto Oikos, entidade que protocolou o pedido de tombamento, a implantação do Parque Estadual é um instrumento ainda mais rigoroso.

Fundação Florestal vai avaliar novo parque na Mantiqueira

Fundação Florestal vai avaliar novo parque na Mantiqueira

Seja o primeiro a comentar