Edição
Edição
Sulminas146

Agenda

II Semana do Turismo do Sistema Fecomércio MG aborda a Economia Criativa

O Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac promove, entre os dias 22 e 28 de setembro, a 2ª Semana do Turismo no Estado. A iniciativa é uma referência ao Dia do Mundial do Turismo, estabelecido pela Organização Mundial do Turismo (OMT) e celebrado em todo o mundo no dia 27 de setembro. A proposta é promover uma série de atividades acadêmicas e culturais sobre a atividade turística em Minas Gerais. Os eventos ocorrerão simultaneamente em unidades do Sesc e Senac espalhadas em 34 cidades do Estado.

Serão trazidas informações e conhecimentos sobre a atividade turística, além de provocar discussões sobre o segmento por meio de palestras, debates, oficinas e exposições com profissionais do mercado. A abertura da programação será em Belo Horizonte, no dia 22, às 18h30, com a palestra Economia Criativa e Turismo: um mundo de oportunidades no Teatro Francisco Nunes. Na ocasião, a mestre em Administração de Empresas e doutora em Urbanismo pela Universidade de São Paulo – autora da primeira tese brasileira sobre Cidades Criativas, Ana Carla Fonseca, e o especialista em Economia Criativa e subsecretário de Economia Criativa do Governo de Buenos Aires, Enrique Avogadro, farão apresentação sobre o tema.

Dentro da Programação Magna, no dia 23, no auditório da Fecomércio MG, haverá o Painel Creative Tourism Network com a especialista em Políticas Culturais, Caroline Couret, expert em Turismo Criativo, co-criadora e atual gerente do programa pioneiro de Turismo Criativo de Barcelona e do Creative Tourism Network. Outro participante é o secretário municipal de Turismo de Porto Alegre, responsável pelo projeto de inclusão da cidade como primeiro município do Brasil na Rede Mundial de Turismo Criativo – Creative Tourism Network, Luiz Fernando Morais. E ainda, a especialista em turismo e cooperação internacional e em gestão de cidades e empreendimentos criativos, atual superintendente de gastronomia na Secretaria de Estado de Turismo e Esportes de Minas Gerais, Marina Simião.

O Painel Gastronomia e Desenvolvimento Territorial encerra a programação principal com o atual presidente de Apega – Sociedade Peruana de Gastronomía e ex-vice-ministro de Cultura e um dos impulsores da “La Cocina Novandina”, Bernardo Roca Rey, e o especialista em gastronomia do Senac em Minas, Hans Eberhard Aichinger.

Nos demais dias, haverá ainda ações como visitas guiadas em inglês e espanhol pelo Mercado Central de Belo Horizonte, workshops, oficinas e palestras sobre artesanato, gastronomia e outros atrativos turísticos do Estado. Para o assessor técnico e especialista em Turismo do Senac em Minas, André Carvalho, a programação reflete o potencial do Estado para a criatividade. “São ações que fomentam o turismo como negócio, apresentando Minas Gerais como um produto de alto valor agregado. Nosso papel é contribuir e estimular este desenvolvimento.”

Novo turista

Os dados da OMT mostram que cerca de 1 bilhão de viajantes circulam por todo o mundo, anualmente. Além disso, o perfil desses turistas vem passando por algumas transformações.

Segundo a analista de Turismo da Fecomércio MG, Mariana Lima, o viajante já não se contenta mais em ser apenas um espectador. De acordo com ela, esse “turista criativo” busca as singularidades e autenticidades dos destinos, capazes de lhe proporcionar vivências únicas e fazê-lo se sentir parte do cotidiano de seus moradores. “Minas Gerais é o estado da diversidade cultural. Falta utilizar essa característica a seu favor, estruturando produtos e comercializando-os para proporcionar aos visitantes vivências memoráveis”, explica.

“Ao pensar o turismo criativo, buscamos despertar no profissional da área o olhar sobre como as características locais podem ser valorizadas e aproveitadas na oferta de serviços diferenciados. A oportunidade dada ao turista em participar ativamente das vivências locais torna sua experiência mais rica e atrativa”, completa a Gerente de Turismo do Sesc, Danielle Torres Paiva.

Durante toda a programação, a temática Economia Criativa e o Turismo irá contemplar os seguintes subtemas: Turismo criativo e o comércio de bens e serviços; Patrimônio material e imaterial; Festivais culturais e festas tradicionais; Artesanato como atrativo turístico; Gastronomia e roteiros turísticos; Cidades criativas; Design e serviços criativos – Moda e Áudio visual e mídias interativas.

Confira a programação completa: www.desenvolvimentocriativo.com.br

Confira a programação na sua cidade: http://www.descubraminas.com.br/Upload/Biblioteca/0000310.pdf

Seja o primeiro a comentar