Edição
Edição
Sulminas146

Sul de Minas

Missão diplomática da Tailândia visita Lavras, no Sul de Minas

A primeira missão diplomática a visitar Lavras foi em 1921, com a visita do embaixador americano, depois vieram do Chile, Panamá e Colômbia.

Embaixador e comitiva foram recepcionados em Lavras
Embaixador e comitiva foram recepcionados em Lavras (Fotos: Jornal de Lavras)
Embaixador e comitiva foram recepcionados em Lavras

A cidade de Lavras, no Sul de Minas, recebeu na manhã desta segunda-feira (3), a visita do ex-ministro Conselheiro de Planejamento do Leste Asiático e atual embaixador da Tailândia no Brasil Pitchayaphant Charnbhumidol. Ele estava acompanhado de uma comitiva. Pitchayaphant Charnbhumidol visitou a empresa Café Bento Grão e a Universidade Federal de Lavras (Ufla). A visita foi oficial e teve como finalidade conhecer a empresa que poderá fazer negócios com o país do Sudeste Asiático.

O embaixador e comitiva foram recepcionados pelos proprietários da empresa e por autoridades convidadas. Pitchayaphant Charnbhumidol falou sobre a similaridade entre os povos brasileiros e tailandeses no que tange a maneira de receber pessoas. O embaixador falou que estava sendo muito bem recebido em Lavras, em especial na empresa que visitava.

Falaram na solenidade, que teve como mestre de cerimônia o radialista Álvaro Sad, o professor José Geraldo de Andrade, que falou em nome dos produtores rurais; Cleber Pevidor, presidente da Câmara Municipal; o secretário municipal e ex-prefeito João Batista Soares da Silva, que falou em nome do prefeito Silas Costa Pereira; Geraldo Resende, que falou em nome da deputada federal Dâmina de Carvalho Pereira; a presidente do Café Bento Grão, Nardilene Carneiro da Silva Rebonatto; e, para finalizar, fez uso da palavra o embaixador Pitchayaphant Charnbhumidol.

Depois foi realizada uma troca de presentes. A solenidade foi abrilhantada com um show do Quarteto Vocal das Meninas Cantoras de Lavras e, ao final, foi servido um coquetel aos presentes.

Esta não é a primeira vez que uma missão diplomática vem a Lavras, a primeira vez foi no dia 25 de maio de 1921, neste dia visitou Lavras o embaixador dos Estados Unidos, Edwin V. Morgan. O diplomata ficou hospedado na residência do Dr. Benjamin Harris Hunnicutt, no Instituto Evangélico.

Em 1971, no dia 23 de setembro, foi a vez do embaixador do Chile Raul Rettig, acompanhado de sua comitiva e serviço de segurança, entre eles, os tenentes Sebastião Alvino Colomarte e Aquiles Pereira Nunes, ambos já tinham residido em Lavras quando serviam no 8º Batalhão.

No ano seguinte, em 1972, no dia 2 de setembro, foi avez do embaixador do Panamá, Dámaso Ulhoa, para uma rápida visita ao coronel Eudes Batista de Almeida, comandante do 8º Batalhão.

Em 5 de abril de 1986 o embaixador da Colômbia José Jaime Nichollos visitou a ESAL (Escola Superior de Agricultura de Lavras) a fim de estudar a possibilidade de firmar convênios entre a instituição e as universidades colombianas.

Do Jornal de Lavras

AS MAIS LIDAS:

Conheça as dez menores cidades para se viver no Sul de Minas

Proprietária de imóvel situado às margens de Furnas terá de demolir construções

Cidades do Sul de Minas estão entre as melhores para se viver em Minas

Onça-parda é fotografada na Serra Fina, no Sul de Minas

Seja o primeiro a comentar