Edição
Edição
Sulminas146

Destaque no Sulminas146

Moradores denunciam lançamento de esgoto no Rio Sapucaí, em Itajubá

Eles acreditam que concessionária de tratamento esteja poluindo o rio. Copasa se defende e diz que só lança nas águas o esgoto tratado.

Do G1

Moradores de Itajubá, no Sul de Minas, acusam a Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (Copasa) de despejar esgoto no Rio Sapucaí, entre Itajubá e Piranguinho, também no Sul de Minas. Segundo a concessionária, o esgoto despejado no rio é tratado. A polêmica começou porque os pescadores começaram a encontrar muitos peixes mortos.

O eletricista Leonir Martins Ribeiro diz que não consegue mais pescar no lugar. A água está com uma coloração escura e com mau cheiro. A situação se agrava com o lixo que muitas pessoas deixam depois da pescaria. “Eu acredito que seja o esgoto porque só tem peixe morto nesse trecho em que o esgoto é liberado”, conta.

Moradores acreditam que esgoto esteja causando mortandade em Itajubá (Foto: Reprodução EPTV)

Moradores acreditam que esgoto esteja causando mortandade em Itajubá (Foto: Reprodução EPTV)

Mesmo com a mortalidade de peixes, que ainda não foi explicada, algumas pessoas continuam pescando para comer. A nutricionista e doutora em microbiologia Angélica Aparecida Vieira Adami fez um estudo sobre a qualidade da água do rio e desaconselha o consumo.

“Pelo fato da água estar contaminada com esse esgoto, os microorganismos passam para os peixes. Mais ou menos 12 horas após a ingestão do peixe contaminado, a pessoa pode ter febre, náusea vômito e dores abdominais”, diz. “Crianças, idosos e pessoas com sistema imunológico baixo podem ter hemorragias e isso pode levar a pessoa à óbito”, observa. A nutricionista ainda alerta que algumas toxinas liberadas por esses microorganismos são resistentes ao calor.

A Copasa informou que lança no Rio Sapucaí apenas esgoto tratado. A concessionária atribui o mau cheiro ao baixo nível do rio, pois o volume de água está bastante reduzido por causa da falta de chuva.

Seja o primeiro a comentar