Edição
Edição
Sulminas146

Sul de Minas

'Observação de Pássaros' virou curso em Pedralva, no Sul de Minas

A empresa ‘Contemplar Minas’ está oferecendo cursos de ‘Observação de Pássaros’ em Pedralva. A média de preço é de R$ 150,00 com duração de dois dias.

Artigo por Maria Paula Feichas

Gavião-pega-macaco, saíra-douradinha, estalador, viuvinha … Essas são espécies de pássaros que podemos encontrar nas matas no entorno da cidade Pedralva, no Sul de Minas, que já é conhecida pelas atividades ecoturísticas no Pedrão e na Serra Branca, além da boa música e deliciosa cachaça.

Para dividir um pouco desse conhecimento e do ‘cantar dos pássaros’, a empresa ‘Contemplar Minas’ está oferecendo cursos de ‘Observação de Aves’. “Esse é o conhecido turismo de experiência. Acreditamos que o contato com a natureza dá esse retorno com o divino, sensação de bem-estar e paz interior. Ao associar os pássaros, podemos divulgar a nossa fauna ainda um tanto desconhecida”, comenta o biólogo e sócio da empresa, Fernando Capela.

Foto: Fernando Capela
Pedralva passa a ter curso sobre Observação de Pássaros
Pedralva passa a ter curso sobre Observação de Pássaros

Na companhia de Alexandre Lima e Daisy Bustamante Braga Lima, eles querem estimular a vivência ecológica e holística, proporcionando para moradores e visitantes uma atividade prazerosa. “Isso não é novidade para os profissionais ambientais. Cidades paulistas já praticam há anos e aqui próximo podemos citar Gonçalves, que já oferece a seus turistas”, comenta Fernando, que também pode ser chamado de ornitólogo (quem estuda as aves).

As observações serão realizadas no bairro Pedra Batista, onde um grupo de moradores querem instituir uma ecovila São Francisco. De acordo com os responsáveis pelo curso, há uma ‘casa sede’ para receber os alunos, que terão um clima diferenciado, entre muita mata e biodiversidade. “O local é parte da Serra da Pedra Branca, um rico monumento rochoso de nossa região”, acrescenta o professor.

Fernando lembra que a vivência vai mais além, tamanha imensidão dos detalhes da natureza. “Além de pássaros podemos ver as formações vegetacionais, o que é muito importante dependendo de onde se faz as andanças. O conhecimento da flora e fauna certamente despertam nas pessoas um olhar mais preservacionista, bem como importância da água e do clima. São assuntos que envolvem a observação de aves e o praticante tem essa oportunidade, de explorar a natureza como bem queira, no sentido contemplativo”.

O Brasil é considerado o segundo país do mundo em diversidade de aves, com 1825 espécies (a Colômbia é o primeiro), o que aumenta a procura por observadores do mundo todo, segundo revista Planeta Sustentável (Ed. Abril).

Com base nisso, a expectativa da empresa é que a procura pelo curso cresça com a divulgação, e que se consolide, como em tantos outros países. “É uma atividade que vem assumindo papel importante na economia, além de renda para as comunidades locais, desperta a consciência ambiental”, finaliza Fernando, que informa que a Contemplar Minas também oferece cursos de horticultura orgânica.

E para fortalecer esse cenário, os brasileiros já realizam o Big Day Brasil Primavera, que é um dia de observação de pássaros – chega a 1.700 espécies diferentes. As pessoas são convidadas e depois publicam seus registros no site eBird Brasil.

“Estar no Sul de Minas só me anima. Temos um clima favorável que justifica as várias formações florestais distintas, traduzindo numa biodiversidade generosa, ainda pouco estudada, pouco explorada e renegada ainda por muitos, devido a exploração contínua dos recursos naturais da região”, concluiu Fernando Capela.

INTERESSADOS NO CURSO, podem ligar no telefone 9.9892.3313, mandar e-mail para [email protected] ou acessar o site http://contemplarminas.blogspot.com.br/.

A média de preço é de R$ 150,00 com duração de dois dias.

Siga o Sulminas146 no Facebook e no Twitter

Seja o primeiro a comentar