Edição
Edição
Sulminas146

Agenda

Piranguçu realiza festa centenária em louvor a Nossa Senhora Aparecida

Muita tradição carrega festa mineira em louvor a Nossa Senhora Aparecida.

Por Leandro Santos
Para o Sulminas146

Piranguçu, no Sul de Minas, realiza entre os dias 14 e 23 de agosto a festa em Louvor a Nossa Senhora Aparecida, no Bairro do Centro. Realizada tradicionalmente no mês de agosto, há mais de 100 anos, tem reconhecimento pela leitoa assada preparada pelos moradores do bairro. Um fato notório que todos os anos elege-se um festeiro para tomar conta da festa. Outro ponto alto da festa é a procissão de cavaleiros que chega ao número de 400 cavaleiros anualmente.

A saída da procissão ocorre na antiga escola do bairro dos Bentos, cujo local os moradores receberam a imagem de Nossa Senhora Aparecida, que hoje é a padroeira do bairro.

A festa é baseada nas doações que as pessoas fazem, no linguajar do povo local é “tirar esmolas”, sendo que o festeiro, responsável pela festa sai com uma bandeira com a imagem de Nossa Senhora de casa em casa pedindo ajuda para realizar a festa, onde as pessoas doam dinheiro, bezerro, leitoa, frango e/ou prenda.

A presença da bandeira nas casas significam bençãos a quem estiver recebendo a imagem e segundo os moradores mais velhos da comunidade não pode deixar a bandeira sair sem nenhum tipo de contribuição, pelo menos uma moeda junto dela. Relatos da população pioneira e o que já presenciei que ao chegar a residência do morador a bandeira passa por todos os cômodos com o intuito de abençoar o local e o dono da casa não deve entregar a bandeira de qualquer modo, de praxe o festeiro pede para quem está recebendo a bandeira para continuar sua peregrinação pelo bairro. Lembrando também que todo trabalho durante a festa é voluntário.

O bairro que ocorre a festa foi intitulado de Bairro do Centro pelo fator que um dos pioneiros da comunidade cortava madeira na região e quando iria trabalhar dizia a esposa que se alguém procurasse por ele estaria lá no centro da mata, por isso quando se tornou bairro recebeu o nome de bairro do centro.

Além da tradicional festa, o bairro é conhecido por suas belas paisagens e ao frio intenso na época de inverno, hoje a grande maioria dos moradores locais vivem em função do turismo, caseiros. E no início a principal atividade da região era a agricultura familiar.

AS MAIS LIDAS:

Conheça as dez menores cidades para se viver no Sul de Minas

Proprietária de imóvel situado às margens de Furnas terá de demolir construções

Cidades do Sul de Minas estão entre as melhores para se viver em Minas

Onça-parda é fotografada na Serra Fina, no Sul de Minas

Veja programação completa:

Programação festa Piranguçu
Programação festa Piranguçu
Programação festa Piranguçu

Seja o primeiro a comentar