Edição
Edição
Sulminas146

Notícias

Policiais obrigam jovens a fazer exercícios em Passa Quatro

Imagens mostram que suspeitos foram obrigados a elogiar militares. Caso teria acontecido em outubro do ano passado em Passa Quatro.

Do G1

Mais um suposto caso de abuso envolvendo policiais militares está sendo investigado no Sul de Minas. Desta vez, o registro aconteceu em Passa Quatro (MG). Em um vídeo divulgado nas redes sociais, um sargento e um cabo teriam obrigado três jovens a fazer exercícios físicos e elogiar o trabalho da equipe. O caso aconteceu durante uma abordagem. Conforme a polícia, os rapazes estariam fumando maconha.

Veja o vídeo aqui.

O vídeo, que teria sido gravado em outubro do ano passado, mostra os jovens fazendo flexões. No áudio, é possível ouvir que eles são obrigados pelo policial a fazer exercícios. Em seguida, o militar exige que eles façam elogios a ele e ao parceiro que está atendendo a ocorrência. Para o sub-comandante da PM na região, a atitude dos militares foi totalmente desnecessária.

“Ela (a atitude) não observou as técnicas policiais. Toda técnica nossa tem um pressuposto dos direitos humanos e a dignidade das pessoas. Ali não há nenhuma observação desses princípios. Até que o processo administrativo e o inquérito sejam concluídos, a previsão é que os policiais continuem trabalhando porque há necessidade de procedimentos administrativos para que sejam tomadas outras providências em relação a eles”, diz o major da PM Paulo Marco de Assis.

A ocorrência não foi registrada. Uma das vítimas disse que ele e os amigos tiveram que obedecer os policiais para serem liberados. Segundo o jovem, ele está com vergonha de sair da casa devido a repercussão do vídeo nas redes sociais.

Segundo o comando da Polícia Militar, um inquérito policial militar foi instaurado para investigar o caso. A Polícia Civil também vai investigar um possível abuso de autoridade na ação dos militares. Conforme a PM, participaram da abordagem um sargento e um cabo da PM.

1 comentário

  1. Eduardo Giachini

    A despeito do excesso policial (e olha que a PM de MG é das menos piores do Brasil), que já não nos surpreende mais, o que chama mesmo a atenção é os jovens estão constrangidos por terem sido vítimas filmadas de abuso policial e não pelo fato de terem sido flagrados utilizando uma droga ilícita. E a população embarcou nessa também! Os três jovens e os dois policiais deveriam dividir a mesma cela para se reeducarem socialmente, mas considerando que Passa-Quatro está no Brasil, em breve eles se reencontrarão livres e soltos para um próximo capítulo.