Edição
Edição
Sulminas146

Aiuruoca

Tapetes coloridos marcam celebração do Corpus Christi no Sul de Minas

A celebração do Corpus Christi começou no século 13, em 1243, em Liège, na Bélgica, quando a freira agostiniana Juliana de Mont Cornillon teria tido visões de Jesus Cristo desejando que o mistério da Eucaristia fosse celebrado com destaque.

Corpus Christi celebrado em Aiuruoca

Corpus Christi celebrado em Aiuruoca ( foto: Marlon Moreira)

As cidades do Sul de Minas mantiveram a tradição e celebraram o Corpus Christi com os históricos tapetes coloridos. Fieis da região e de todo Brasil puderam apreciar a beleza dos tapetes em vários municípios e presenciar a fé católica.

Cidades como Passa Quatro, Itamonte, Seritinga, Lambari, Aiuruoca, entre outras, celebraram nesta quinta-feira (4)  o Corpus Christi – expressão que vem do latim e significa O Corpo de Cristo – celebra o Sacramento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo, um dos sacramentos da Eucaristia.

Passa Quatro foi uma das cidades que celebraram o Corpus Christi

Passa Quatro foi uma das cidades que celebraram o Corpus Christi (foto: Carlos Rogério Brito)

Tradição católica tem o costume de enfeitar as ruas com grandes tapetes coloridos que formam desenhos que fazem alusão à figura de Cristo, do pão e do cálice

A comemoração ocorre após a Festa da Santíssima Trindade, sempre em uma quinta-feira, em alusão à Quinta-feira Santa, quando foi realizada a Última Ceia e se deu a instituição do sacramento. A data sempre acontece 60 dias após a Páscoa, podendo cair então entre as datas de 21 de maio e 24 de junho.

A Bíblia diz que durante a Última Ceia de Jesus com seus apóstolos, ele teria mandado que celebrassem sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho, que se transformariam em seu corpo e seu sangue.

Corpus Christi celebrado em Lambari

Corpus Christi celebrado em Lambari (foto: divulgaçãoi)

Foi a partir da visão e da cobrança de Jesus que a freira belga lutou para que houvesse um reconhecimento da data, que mais tarde ficou conhecida como Corpus Christi, quando, em 1264, o papa Urbano 4º consagrou a festa para toda a Igreja.

A celebração do feriado consta de uma missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento. A procissão lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. Além disso, a tradição católica também tem o costume de enfeitar as ruas com grandes tapetes coloridos que formam desenhos que fazem alusão à figura de Cristo, do pão e do cálice.

Corpus Christi celebrado em Seritinga

Corpus Christi celebrado em Seritinga (foto: Divulgação)

A tradição da confecção do tapete surgiu em Portugal e veio para o Brasil com os colonizadores. Os desenhos utilizados são variados, mas enfocam principalmente o tema Eucaristia. No Brasil essa tradição foi ampliada, atingindo inclusive comunidades, bairros e até colégios.

Para confeccionar esses tapetes especialmente feitos para a festa de Corpus Christi, são utilizados diversos tipos de materiais, como serragem colorida, borra de café, farinha, areia, flores e outros acessórios.

Corpus Christi celebrado em Virgínia

Corpus Christi celebrado em Virgínia (foto: Waldecir Pinto)

Com informações do IG

Leia mais notícias da região no Sulminas146

Acompanhe Sulminas146 no Facebook e no Twitter

 

Seja o primeiro a comentar