Edição
Edição
Sulminas146

Turismo

Veja oito charmosas cidades para visitar no Sul de Minas

Separamos oito belas cidades para conhecer e que turistas visitam no Sul de Minas em busca do aconchego das montanhas e aventuras nas terras altas.

Foto Reprodução.
Árvore centenária pode ser encontrada em uma das oito cidades do Sul de Minas
Árvore centenária pode ser encontrada em uma das oito cidades do Sul de Minas

A região do Sul de Minas é considerada a principal do estado e é uma das regiões mais bonitas de Minas Gerais, que atrai turistas de todos os cantos, em busca do aconchego das montanhas e também aventureiros prontos para explorar essas terras altas.

A região montanhosa da Serra da Mantiqueira que se espalha pelos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo é lar de inúmeras cachoeiras e formações rochosas, que compõem três dos maiores picos do país, com paisagens decoradas por espécies de plantas e animais da mata atlântica.

Selecionamos oito cidades charmosas do Sul de Minas para você programar uma viagem pela região, confira:

Aiuruoca
Aiuruoca é o local ideal para a prática do ecoturismo e do turismo de aventura, com muitas cachoeiras, trilhas e bosques. Nesse mar de montanhas mágicas, rodeada por araucárias, está o Pico do Papagaio, a Reserva Ambiental do Mututu e o Vale dos Garcias. Aproveite para praticar caminhada, cavalgada, rapel, escalada, tirolesa e até um mini-rafiting.

Foto: Marlon Arantes
Aiuruoca: Pico do Papagaio
Aiuruoca: Pico do Papagaio

Alagoa
A pequena cidade de 2,7 mil habitantes poderia passar despercebida: fica no alto da Serra da Mantiqueira, a 1,6 mil m de altitude, acessada por ruas estreitas. Mas o município atrai visitantes com a lendária receita de queijo parmesão, que é fabricado exclusivamente ali. Para quem quiser provar, mesmo antes de conhecer a cidade, o site Queijo d’Alagoa entrega para todo o Brasil.

(foto: divulgação)
Alagoa pertence a Associação das Terras Altas da Mantiqueira, primeiro circuito turístico de Minas Gerais (foto: divulgação)
Alagoa pertence a Associação das Terras Altas da Mantiqueira, primeiro circuito turístico de Minas Gerais

Extrema
Na divisa com São Paulo, a cidade tem cinco rotas turísticas para entreter os visitantes, que incluem visitas a cachoeiras, subidas a pedras gigantes e passeios a ateliês de arte e alambiques. Os aventureiros ainda têm a possibilidade de praticar rafting e voo livre. Almoce no Armazém Bertolotti e prove delícias como o torresmo, o bolinho de linguiça e o pudim de leite condensado, que foi premiado na França.   

Foto Reprodução.
Cidade do Sul de Minas dá exemplo ao mundo (foto: divulgação)
Extrema tem cinco rotas turísticas para entreter os visitantes

Gonçalves
O centrinho aprazível da cidade concentra cafés e lojas, e os arredores rurais têm cachoeiras e mirantes. É uma boa pedida para casais que procuram um destino de inverno escondidinho. Para o almoço escolha o Deméter na Roça, para o jantar o Restaurante Sauá, e para se hospedar a Pousada Passaredo. Deixe espaço na bagagem para as delícias do A Senhora das Especiarias.

Foto: Folha Viagem
Gonçalves é destaque para praticar o Birdwatching
Gonçalves é destaque para praticar o Birdwatching

Itamonte
Apesar de pequena, a cidade abrange dois parques: o Parque Nacional de Itatiaia e o Parque Estadual da Serra do Papagaio. As atrações incluem cachoeiras e picos rochosos de onde a vista faz o esforço da caminhada valer a pena. A especialidade gastronômica da cidade é a truta, que pode ser pescada e saboreada na Truticultura Sobradinho.

Foto: Itamonte.net
Cachoeira do Escorrega, Itamonte, Sul de Minas
Cachoeira do Escorrega, Itamonte, Sul de Minas

Marmelópolis
Com cerca de 3 mil habitantes, de povo acolhedor e simples, a cidade atrai turistas que buscam o contato com a natureza, montanhas, cachoeiras, pássaros e aventura, já que o município está entre montanhas, cuja região é propícia para os esportes de aventura. Local pacato, que fica na Serra da Mantiqueira e com locais de grandes elevações, como o Pico dos Marins, além de belas paisagens com cachoeiras, araucárias, vales, picos e trilhas ecológicas.

Foto: Divulgação CSM
Marmelópolis atrai turistas que buscam contato com montanhas, cachoeiras, pássaros e aventura
Marmelópolis atrai turistas que buscam contato com montanhas, cachoeiras, pássaros e aventura

Passa Quatro
Charmosa, a cidade tem calçamento de paralelepípedo, prédios do final do século XIX e passeio de maria-fumaça. Entre as atrações de ecoturismo, que ficam um pouco mais distantes do centro, estão a cachoeira da Gomeira, a Floresta Nacional e o pôr-do-sol no Pico do Itaguaré. A noite, a melhor pedida é ir a Esfiharia Monte Líbano, que serve uma comida árabe dos deuses. 

Foto: Paulo Fontes
Passa Quatro, no Sul de Minas
Passa Quatro, no Sul de Minas

Virgínia
A cidade de Virgínia, no Sul de Minas, tem origem na devoção à Virgem Nossa Senhora da Conceição e entre seus picos e serras, destacam-se os do Varjão e da Fortaleza. Nas cachoeiras, a dos Padres, do Caeté, do Mingu e a Cachoeira Grande, que possui uma pedra em forma de cálice. As origens do município estão ligadas ao ciclo do ouro, quando os desbravadores portugueses, mesmo não encontrando ouro ou pedras preciosas, fixaram-se ali.

Foto: Jornal da Serra
As origens do município estão ligadas ao ciclo do ouro
As origens do município estão ligadas ao ciclo do ouro
Siga o Sulminas146 no Facebook e no Twitter

Seja o primeiro a comentar