Edição
Edição
Sulminas146

Destaque no Sulminas146

Vereadores de São Lourenço aprovam lei que exige placas para bicicletas

Prefeito tem 15 dias para sancionar a lei. Município, que faz parte do Circuito das Águas, não tem ciclovia.

Do Sulminas146

Os vereadores de São Lourenço, no Sul de Minas, aprovaram uma lei que exige identificação com placas para bicicletas e até skates, patinetes e patins. O projeto segue agora para sanção do prefeito da cidade. A lei foi criada depois que a neta de um vereador foi atropelada na calçada. Se sancionada pelo prefeito, bicicletas, skates, triciclos, patinetes motorizados, patins e similares não poderão circular sobre calçadas, praças, passeios, canteiros e áreas ajardinadas.

“Essa lei foi criada depois de ouvir muitas pessoas reclamando do abuso dessas pessoas que andam de bicicleta no passeio. A princípio, quando eu comecei a criar esse projeto de lei, foi com o objetivo de coibir o trânsito em cima de passeios. Aí os demais vereadores entraram com emendas, inclusive com essa de emplacar as bicicletas. Após aprovado, foi encaminhado para o prefeito, que terá 60 dias para sancionar ou não”, disse o vereador que criou a lei, Ricardo de Mattos, ao portal G1.

Lei gera polêmica em São Lourenço (foto: reprodução EPTV)

Lei gera polêmica em São Lourenço (foto: reprodução EPTV)

A lei prevê ainda que bicicletas, skates, patins e patinetes deverão respeitar as leis de trânsito e transitar somente pelas ruas da cidade. O assunto gerou polêmica na cidade. Muitos se manisfestaram pelas redes sociais já que não há estrutura no município para os ciclistas. Segundo o autor da lei, caso seja sancionada, haverá uma campanha educativa para que a população de São Lourenço seja conscientizada.

O prefeito tem 15 dias para sancionar a lei. O município, que faz parte do Circuito das Águas, não tem ciclovia e não há data prevista para a construção de uma ciclovia na cidade.

Leia mais notícias da região no Sulminas146

Acompanhe Sulminas146 no Facebook e no Twitter.

Seja o primeiro a comentar